Fiscalização constata denúncia de caça de peixes-bois no Amazonas

Jovem peixe-boi encontrado morto por arpão foi congelado e doado para pesquisas. (Foto: Divulgação/Ipaam)

Jovem peixe-boi encontrado morto por arpão foi congelado e doado para pesquisas. (Foto: Divulgação/Ipaam)

Fiscalização realizada em três comunidades no município de Silves (AM), a cerca de 200 km de Manaus, confirmou denúncia de caça de peixes-bois na região, segundo informações do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM).

O governo estadual foi alertado esta semana por voluntários que integram uma associação ambiental no município de que, com a baixa dos rios, devido à seca, alguns desses mamíferos – protegidos por lei há mais de 40 anos – ficaram presos em águas rasas e estavam sendo vítimas de caçadores.

Uma equipe mandada ao local apreendeu diversos apetrechos de pesca proibidos, duas canoas usadas para a pesca e caça ilegais, além 10 quilos de carne de peixe-boi, 133 ovos de tartaruga e um quelônio pequeno.

Segundo o Ipaam, há suspeita de caça de peixes-bois em outros lugares próximos, mas não foi possível chegar até eles por causa da vazante recorde dos rios amazônicos.

Os voluntários denunciaram a matança de peixes-bois depois que encontraram um exemplar morto por arpão. O animal foi congelado e entregue ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Fonte: Globo Amazônia

About Pescador