A pesca de tilápia no inverno

tilapia 300x154 A pesca de tilápia no inverno

A pesca de tilápia no inverno

É possível fisgar bons peixes em pesqueiros nos dias de muito frio, porém espécies como os pacus, tambacus, piaus, matrinchas, dourados, pintados e outros peixes que se alimentam muito mais no verão ficam muito lentos, se movimentam pouco e comem menos nestas épocas. É muito difícil fisgar um pacu na superficie com miçanga, por exemplo. O peixe fica manhoso e muito lento. Uma boa opção está na pesca da manhosa tilápia, utilizando uma técnica simples, sem boia e sem chumbo. Só com o anzol e a isca na ponta da linha.

Equipamentos

Para este tipo de pesca podem ser utilizados diversos equipamentos, como molinetes, carretilhas, varas de mão, ou até varas de bambú. O Ideal é utilizar um equipamento leve para sentir melhor a fisgada. Recomendamos a utilização de uma vara de ação leve comum e molinete proporcional. Pode se utilizar carretilhas, mas no caso de iscas muito leves o molinete será meihor.

Linha

Para arremessar temos somente o peso da isca, portanto devemos ter uma linha bem fi na para fazer um bom arremesso. Recomendamos linhas (de preferência de monofi lamento) em cores vivas de 0,14mm até 0,18mm, dependendo do tamanho do peixe que se encontra no local. Existem tilapias com até quatro, cinco ou mais quilos em determinados pesqueiros. É possível utilizar uma linha subdimencionada, mas a “briga” exige cautela.

Anzol

Aconselhamos o uso de um anzol com mola tipo marusseigo, pois esses modelos fixam melhor a massa e evitam que ela se solte no arremesso. Deve se utilizar um anzol pequeno nos números 12 a 16, com a farpa amassada para poder soltar o peixe.

Descanso de Vara

Para a pesca de espera é aconselhavel que se utilize apoiador de vara regulável, pois fica mais fácil determinar a altura da vara, e sentir a fisgada. Nunca esqueca de um bom salva vara (aquele elástico que amarra a vara ao apoiador), pois as vezes entra um peixe maior e você pode perder o equipamento.

Ceva

As tilápias gostam de se alimentar no fundo do lago e permanecer nas imediações onde a comida estiver, portanto uma boa ceva se faz necessário. É aconselhavel utilizar ração de coelho, pois afunda rapidamente e mantém os peixes no local, pois vai se dissolvendo aos poucos.

Pescaria

Depois de montado o equipamento, use uma das receitas de massa (veja no fi nal da matéria), ou compre em lojas ou pesqueiros, existem diversas marcas e todas costumam ser muito boas. Não utilize uma massa muito dura, se as tilápias vêem resistência elas não comem a isca. (Neste caso o arremesso deve ser muito suave para a isca não se soltar).

Lançe o anzol na água e coloque a vara no apoiador. Após o arremesso podemos deixar a vara no descanso. Uma dica importante é nunca esticar muito a linha. Ela deve ficar com uma “barriga” para a peixe não sentir resisténcia alguma quando carregar a isca. Tenha paciência e concentração, você deve fi car observando atentamente a ponta da vara, quando perceber um minimo movimento signifi ca que o peixe esta beliscando sua isca. De forma rápida e fi rme puxe a vara para cima para tentar a fi sgada, muitas vezes voce acabará fi sgando o peixe pela barriga, rabo ou outro local, caso esteja passando por perto, isso não é raro de ocorrer. Nunca fi que com a mão na vara, pois o peixe ira perceber e se afastar, quando for colocar a mão no equipamento o faça para tentar a fi sgada, puxando-o com força, e sempre mantenha a vara no apoio de forma horizontal com a ponta próxima à água, aproximadamente uns vinte a trinta centímetros dela.

A pesca da tilápia requer uma atenção redobrada, pois é um peixe muito arisco e manhoso, por isso é aconselhável manter o máximo silêncio à beira do lago, evitando as passadas pesadas ou mesmo falar muito alto.

Outro detalhe seria quanto a cevar: Pergunte aos outros tilapeiros, se quem estava no pesqueiro jogou muita ceva. Em caso afi rmativo, se você tambem jogar, provavelmente as tilápias encherão a barriga e não atacarão as iscas.

Sobre Pescador