Pesca: Orçamento para setor deve ser mantido

O Ceará era o quinto maior produtor de pescado passou para o quarto produtor com 88 mil toneladas e é o maior produtor nacional na área da aquicultura. Investimento do setor deve ser mantido em 2011

Altemir Gregolin

Altemir Gregolin

O ministro de Aquicultura e Pesca, Altemir Gregolin, batizou ontem, 8 de dezembro o Barco Escola na sede do Estaleiro da Corenav, em Fortaleza. Antes do evento Gregolin recebeu uma comenda na Universidade Federal do Ceará, e participou das comemorações dos 50 anos do Instituto de Ciências do Mar (Labomar).

O barco pesqueiro japonês, apreendido pela Receita Federal, foi doado à UFC há quatro anos, e traz a possibilidade da universidade de Fortaleza investir em pesquisas e tecnologias.

Em parceria com os Ministérios da Pesca e da Ciência e Tecnologia a embarcação, que mede 35 metros, o dobro do tamanho de outro navio de pesquisa que o Labomar já possui, o “Martins Filho”, recebeu investimentos de R$ 2 milhões para sua completa reforma, R$ 1,8 milhão do Ministério e outros R$ 200 mil da universidade.

Investimentos

De acordo com o ministro Gregolin, incentivar pesquisas é algo extremamente importante, mas é preciso que haja um investimento ainda maior para o setor. Há a necessidade no incentivo da pesca e consumo no Estado.

“Ao aumentar o consumo de peixes, é possível garantir mais qualidade de vida para as pessoas e criar melhores condições para a produção e desenvolvimento. Hoje o Brasil produz um milhão de toneladas e tem a capacidade de gerar R$ 20 milhões de faturamento para o setor”, ressalta Gregolin.

Segundo o ministro, as pessoas estão aumentando o consumo de carnes brancas. No ano passado, o Brasil importou 230 mil toneladas de pescado.

No entanto, até o momento, ainda não houve aprovação do valor de investimento que será direcionado ao setor no Ceará.

“Estamos aguardando a aprovação da emenda, então não é possível especificar o valor do investimento. Mas o nosso objetivo é manter o mesmo orçamento deste ano de 2010. Algo em em torno de R$ 800 milhões.”

Hoje, 9, Gregolim inaugura o terminal pesqueiro de Camocim. A obra recebeu um investimento de R$ 12,5 milhões.

O terminal deve atender a uma demanda de 30 toneladas de pescado por dia, e irá contar com uma fábrica de gelo para 50 toneladas diárias e duas câmaras frias.

Fonte: Portal do Agronegocio

About Pescador